logo_OCA_preto_horizontal.png

ORQUESTRA DA COSTA ATLÂNTICA

onde cada som é tocado com amor!

A Orquestra da Costa Atlântica é um dos projetos orquestrais mais originais, inovadores e com maior projeção da atual cena musical portuguesa, para além de ser já uma marca reconhecida a nível internacional. Fundada em 2015, é uma orquestra que reúne jovens músicos profissionais portugueses num grupo com uma extraordinária musicalidade, energia, irreverência e paixão, desenvolvendo uma atividade musical com elevados padrões artísticos.

A Orquestra da Costa Atlântica tem como maestro titular Luis Miguel Clemente, e conta ainda com a valiosa colaboração ativa de Colin Metters enquanto maestro emérito e mentor. 

A qualidade artística de todos aqueles que constituem a orquestra e o dinamismo da sua atividade, são indissociáveis da responsabilidade, da competência e do profissionalismo com o qual se apresentam publicamente. Desde a sua fundação, a orquestra permitiu a cerca de uma centena de músicos complementar a sua formação musical através da participação em concertos sinfónicos. A Orquestra da Costa Atlântica apresenta-se regularmente em concertos por todo o País, destacando-se a  interpretação de sinfonias de Beethoven, Mozart, Dvorak e Schubert, obras de Ravel, Martinú, Copland, Fauré, Brahms, Borodin, Prokofiev, Strauss, Wagner, entre outros. A orquestra contou também com a participação de solistas como Luís Neiva (Barítono), Patrícia Durães (Violino) e do maestro Manuel Godoy.

MISSÃO E VISÃO

A Orquestra da Costa Atlântica tem como missão continuar a desenvolver uma programação musical concertística regular que traga valor cultural acrescentado, contribuindo desta forma para o desenvolvimento e criação de oportunidades artísticas e também para a formação de públicos. A estratégia desenvolvida utiliza a programação concertística em prol do compromisso e responsabilidade social na sociedade onde se insere, de forma a atrair e construir novos públicos, aproximar a música erudita da sociedade, envolver a comunidade e as famílias e contribuir para o desenvolvimento através de uma economia de turismo cultural. 

A Orquestra da Costa Atlântica pretende tornar-se uma orquestra de referência, inovadora e especializada artisticamente no âmbito da música erudita. Unir as pessoas, colmatar fronteiras e ser parte ativa na cooperação estratégica social, económica e cultural através da música constitui a base da atividade pública da orquestra.